Introdução: A ginástica é o esporte de habilidades fechadas mais antigo e espetacular. Contudo, parâmetros técnicos de execução geralmente são somente ensinados por treinadores experientes. Desta maneira,existe uma lacuna de informações objetivas sobre o desempenho de ginastas (referências cinemáticas). Objetivo: No presente estudo, tentamos quantificar movimentos de inversão linear e de hiperextensão durante a execução de flic flacs. Métodos: Foi efetuada uma detecção não invasiva de flic flacs com o auxílio de um instrumento óptico eletrônico 3D. Treze marcadores esféricos retrorreflexivos (1 cm de diâmetro) foram posicionados no corpo de 9 ginastas experientes: maléolos laterais direito e esquerdo, cabeça da fíbula, trocanter maior, acrômio, olecrano, processo estiloide da ulna e vértex. Na mesma sessão e após um período de aquecimento, cada participante executou 15 repetições de flic flacs. Dez repetições forma analisadas, e os trajetos 3D das 13 manobras medidos. Resultados: Em média, os homens obtiveram altura vertical maior (mulheres, 62% da altura; homens, 58%). O alinhamento dos membros inferiores foi homogêneo entre os ginastas: ângulos posteriores de joelho variaram entre 80° e 118°. Nenhuma abdução de membro inferior foi observada: a largura de joelho foi 7 cm menor do que a largura intertrocanter; a largura de tornozelo foi 8 cm menor do que a largura de joelho. Na saída do movimento, o ângulo tronco-coxa apresentou excelente alinhamento corporal, com valores bem próximos de 180°. As mulheres executaram a fase de apoio das mãos com pulsos mais próximos do que os homens (homens, 134% de largura de ombro; mulheres, 121%). Conclusão: Os resultados podem fornecer informações para melhor conhecimento, definindo assim, a execução de padrão-ouro obtida de ginastas de elite com poucas lesões.

Kinematics of key technique variables in the backward handsprings of elite gymnasts / N. Lovecchio, G.P. Grassi, Y.F. Shirai, D. Galante, G. Grandi, V.F. Ferrario, C. Sforza. - In: REVISTA BRASILEIRA DE MEDICINA DO ESPORTE. - ISSN 1517-8692. - 19:4(2013), pp. 292-296. [10.1590/S1517-86922013000400013]

Kinematics of key technique variables in the backward handsprings of elite gymnasts

N. Lovecchio
Primo
;
Y.F. Shirai;D. Galante;G. Grandi;V.F. Ferrario
Penultimo
;
C. Sforza
Ultimo
2013

Abstract

Introdução: A ginástica é o esporte de habilidades fechadas mais antigo e espetacular. Contudo, parâmetros técnicos de execução geralmente são somente ensinados por treinadores experientes. Desta maneira,existe uma lacuna de informações objetivas sobre o desempenho de ginastas (referências cinemáticas). Objetivo: No presente estudo, tentamos quantificar movimentos de inversão linear e de hiperextensão durante a execução de flic flacs. Métodos: Foi efetuada uma detecção não invasiva de flic flacs com o auxílio de um instrumento óptico eletrônico 3D. Treze marcadores esféricos retrorreflexivos (1 cm de diâmetro) foram posicionados no corpo de 9 ginastas experientes: maléolos laterais direito e esquerdo, cabeça da fíbula, trocanter maior, acrômio, olecrano, processo estiloide da ulna e vértex. Na mesma sessão e após um período de aquecimento, cada participante executou 15 repetições de flic flacs. Dez repetições forma analisadas, e os trajetos 3D das 13 manobras medidos. Resultados: Em média, os homens obtiveram altura vertical maior (mulheres, 62% da altura; homens, 58%). O alinhamento dos membros inferiores foi homogêneo entre os ginastas: ângulos posteriores de joelho variaram entre 80° e 118°. Nenhuma abdução de membro inferior foi observada: a largura de joelho foi 7 cm menor do que a largura intertrocanter; a largura de tornozelo foi 8 cm menor do que a largura de joelho. Na saída do movimento, o ângulo tronco-coxa apresentou excelente alinhamento corporal, com valores bem próximos de 180°. As mulheres executaram a fase de apoio das mãos com pulsos mais próximos do que os homens (homens, 134% de largura de ombro; mulheres, 121%). Conclusão: Os resultados podem fornecer informações para melhor conhecimento, definindo assim, a execução de padrão-ouro obtida de ginastas de elite com poucas lesões.
Artistic gym; Closed skills; Flic flac; Sport analisys
Settore BIO/16 - Anatomia Umana
Settore M-EDF/02 - Metodi e Didattiche delle Attivita' Sportive
Article (author)
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
flic_brasil_eng.pdf

accesso aperto

Tipologia: Publisher's version/PDF
Dimensione 138.94 kB
Formato Adobe PDF
138.94 kB Adobe PDF Visualizza/Apri
flic_brasil_por.pdf

accesso aperto

Tipologia: Publisher's version/PDF
Dimensione 188.74 kB
Formato Adobe PDF
188.74 kB Adobe PDF Visualizza/Apri
Pubblicazioni consigliate

Caricamento pubblicazioni consigliate

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/2434/225722
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus 2
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? 2
social impact